Palavras que nos fogem


O que dizer quando as palavras nos fogem?Quando nos fogem as palavras, muito fica por dizer, muito fica por explicar ou até mesmo entender. Quando as palavras nos fogem a meio de um diálogo, fica a pairar um misto entre verdade ou mentira, realidade ou fantasia, certeza ou incerteza. Fica uma terrível sensação amarfanhada pela … Continue a ler Palavras que nos fogem

Tudo o que disseste


Foi por tudo o que dissesteSem olhar para mimQue ficou mais uma históriaSem princípio nem fim…Na curva daquela estradaAinda hoje te vejoIgual a folha seca de outonoTriste e pálida das escolhas da vidaNão esqueci as nossas últimas palavrasAssim como o teu olhar fixo no chãoEra difícil falar-me olhos nos olhosNosso caso mal acabado ficouTanta coisa … Continue a ler Tudo o que disseste

A minha vontade era estar contigo


A minha vontade era estar contigo agora. Existe uma eternidade de distância para encurtar, uma eternidade de tempo da vida para encurtar para o presente. E é no presente o tempo certo para estar, para viver, para amar e para ser feliz.Não importa o que me digam, nem me importa o que os outros possam … Continue a ler A minha vontade era estar contigo

Tropeço nas palavras


Tropeço nas palavras. As palavras fogem, embrulham-se, não saem e quando elas saem, saem sem nexo.Resta apenas escrever. Escrever para arrancar e sacar as palavras que fogem e que se escondem. Queres saber, ver e ouvir as palavras, olha para os gestos. Filipe Miguel Partilhem, comentem e sigam-me também nas redes sociais: FacebookInstagram

Palavras que nos fogem


Quando nos fogem as palavras, muito fica por dizer, por explicar ou até mesmo entender. Quando as palavras nos fogem a meio de um diálogo, fica a pairar um misto entre verdade ou mentira, realidade ou fantasia, certeza ou incerteza, uma terrível sensação amarfanhada pela dúvida e incompreensão.O que fazemos quando nos fogem as palavras? … Continue a ler Palavras que nos fogem