Um amor de outra vida


Vem, mas sem medos. Vem, mas vem com tudo. Não tenho tempo para mais quedas, mas queria mesmo era cair nos teus braços e sentir a calmaria no teu abraço.
O teu rosto, o toque na tua pele, os teus lábios mesmo no escuro eu os reconheceria.
Foi assim o que me aconteceu. Sinto a tua alma a cobrir o meu corpo, o coração bate num ritmo de adolescência das emoções, num ritmo quente de paixão. Para mim, nós já vivemos este amor num outro lugar ou numa outra vida.
Um amor de outras vidas, de outras dimensões, sempre se sabe e sente-se quem é especial!

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s