Domingo


Domingo!
Domingo vento e chuva a cair, um bom dia para descansar e repousar.
Dia de preguiça, preguiça de sair, aproveitar entre um pingo e outro levar a passear o cãozinho.
Dias cinzentos, dias de chuva e vento, não é um dia triste e enfadonho, pode ser um belo dia, tão belo quanto um dia de sol, o segredo está é em como presenteá-lo, como encará-lo.
É um belo dia para demonstrar o amor, abraçar, beijar, fazer mimos, amar e amar mais ainda.
Na cumplicidade do olhar, de um abraço, com a chuva fina a cair e o vento assobiando lá fora percebi que o dia seria especial e belo, como se brilhasse o sol.
A beleza do teu sorriso, o brilho dos teus olhos, o teu rosto de menina, a tua boca perfeita, os meus olhos seguiam cada movimento do teu corpo. Um domingo belo como os nossos desejos e amanhã?
Amanhã também é domingo?

Este texto foi retirado do livro “Amores Clandestinos

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s