O mundo desabou sobre mim


Há dias assim. Dias cinzentos e tristonhos!
Há dias complicados e difíceis de aceitar que começam logo assim descoloridos. São dias sem cor. São dias que nem são escuros, nem coloridos. Apenas dias cinzentos e tristonhos!
Hoje é um destes dias assim! Um dia fechado e sem brilho. Hoje é um dia em que o próprio silêncio perturba a minha mente. Hoje é um dia em que a solidão invade o meu corpo e deixa-me totalmente imóvel de reação.
Hoje é um daqueles dias que tudo nos aborrece e nada nos apoquenta. São dias assim que nem nós próprios nos aturamos e nos entendemos. Dias complicados e difíceis de entender.
Mas é mais a incerteza que nos tolda a vida. No sorriso que fica escondido, nas lágrimas que caiem e na esperança que começa a perder-se, por momentos o mundo parecer querer desabar sobre nós.
Há dias assim e por norma acabamos por desanimar.

O mundo desabar, acontece com todos nós.
O mundo já desabou tantas vezes sobre a minha cabeça. Quando tudo desaba, sentimos uma enorme tristeza, sofremos e por norma desanimamos. Mas se não ficarmos em pé, a tendência é desabarmos junto com os problemas, acaba por tomar um efeito de bola de neve. Nestas alturas é preciso pensar positivo, respirar fundo, tentar colocar a cabeça no lugar, pensar e ter fé que logo uma solução sempre se aflora como se fosse um bálsamo!
Estes dias, são dias aos quais não devemos abrir as portas sob pena de não nos conseguirmos libertar deles! Nesta hora de aperto, a melhor coisa a fazer é recolher no silêncio do coração.

Tudo se pode reconstruir, o segredo é este: ficar de pé.
Não é tarefa fácil, porém, é a única forma para se fazer o caminho.
A vida é cíclica. Tenho as minhas épocas de tartaruga em que demoro a chegar lá, mas procuro aprender sempre!
Há que recomeçar e levantar. Não tem escolha
Sem a tristeza, sem a saudade, sem a nostalgia e sem a dor, não daríamos valor à felicidade e aos momentos felizes.
São os pequenos detalhes e os pormenores que tornam as coisas diferentes.

Mesmo quando o cinzento teima em se manter presente. Devemos renovar, recriar, recolorir e reinventar.
Refazer o nosso mundo torna-o mais colorido, mais bonito e mais de acordo com as nossas preferências.
Existem muitos ditados e provérbios antigos que constatam que as situações da vida são assim inconstantes. E em todos eles são unânimes em dizer que todas as coisas debaixo do sol acontecem e passam e recomendam em encontrar a energia para reconstruir quando for necessário e usufruir com gosto quando a maré estiver a nosso favor.
O pensamento é a morada da alma. Por isso pensamentos positivos. Não nos deixemos dispersar pelas vias dos aborrecimentos.
Desistir jamais!

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s