És a única que me completa


Bom mesmo é ter alguém com quem partilhar o nosso dia a dia.
É poder acordar ao lado da pessoa amada. E em cada acordar sentir mais apaixonado, mais apaixonado que ontem e amanhã mais apaixonado que hoje. Sentir que a pessoa que está ali ao lado na cama é única, a verdadeira princesa, rainha que mexe com o coração. A única que te completa, que te faz viver, a tua alma gémea. Ela que te faz feliz, que te é de confiança, que faz brilhar os teus olhos, sentir arrepios, formigueiros, borboletas…
Bom mesmo é poder ter um acordar assim, agarradinho, aconchegadinho em ti.
E no fim do dia, na exaustão de um dia cansativo, na cumplicidade na preparação do jantar, poder matar saudades de um dia que demorou a passar, poder sentir aquele formigueiro, aquelas borboletas que sentes dentro de ti, poder sentir tanto ou mais como na primeira vez. Porque cada dia mais, cada dia mais apaixonado.
No fim da noite, na privacidade do quarto, no aconchego da cama, no abraço, no carinho, demonstrar-mos o verdadeiro sentimento, o que nos une, aquilo que nos liga. E poder dizer hoje que és única e dizer amo-te, porque amanhã não vou te amar tanto como hoje, vou-te amar mais que hoje, mais que ontem. Porque o verdadeiro segredo está em nunca deixar de namorar, não deixar que os problemas do dia a dia interfiram na relação. É preciso manter sempre, mas sempre a chama acesa.
Porque tu és a minha Princesa, a minha Rainha, és a única que me completa.

Este texto foi retirado do livro “Amores Clandestinos

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s