O nosso olhar


Quando o nosso olhar cruza-se, o mundo à nossa volta para, como se tivéssemos um comando nas mãos e carregasse-mos em pausa. Frações de segundos que são mágicos, magníficos, em que nos beijamos, nos abraçamos, nos tocamos, nos acarinhamos tudo só com um simples olhar. Porque um olhar é muito mais do que eu olhar para ti e tu para mim. O olhar não engana, mostra quem somos, o que somos, o que queremos e o quanto gostamos. O olhar é puro e divino, não dá para disfarçar ou enganar. Palavras mentem e enganam, gestos omitem, mas o olhar, o olhar é impossível de enganar, o olhar fala, é genuíno e verdadeiro.
Olha-me como eu te olho.

Este texto foi retirado do livro “Amores Clandestinos

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s