Love is


I love you, em inglês!
Je t’aime, em francês!
Ich liebe dich, em alemão!
Te amo, em espanhol!
Ti amo, em italiano!
Eu te amo, em brasileiro!
Eu amo-te, em português!
O Amor pode ser dito em várias línguas e diversas formas, mas apenas tem um significado e todas se resumem a amar e a ser amado.
Dizer “eu amo-te” numa língua diferente e em várias línguas diferentes, vai adicionar e criar uma aura de misticismo e exotismo, num discurso romanesco, que vai surpreender e tocar de forma especial o coração da pessoa amada.
O Amor é só a palavra mais poderosa, capaz de produzir um grande número de emoções e sentimentos, quando um “amo-te” é sussurrado pela pessoa amada.

Amor!
Afinal o que é o Amor?
Fala-se tanta coisa sobre ele. Fazem-se tantas coisas mais por ele. Mas será que sabem o que é realmente o Amor?
Amor! Esse sentimento aparentemente tão estranho. Tanto se faz em seu nome e com o seu nome, mas poucos são os que sabem o que é realmente o Amor.
O Amor é algo que não tem explicação. Não há palavras que o descrevam na perfeição, nem na sua intensidade e totalidade. Apenas sente-se!
O Amor é isso mesmo é o sentir aquilo que não tem explicação, mas que nos deixa em êxtase sem explicação, mas com os verdadeiros porquês!
O Amor é infinito na sua essência e nas descrições que se tentam fazer sobre ele.
Tantos apaixonados, românticos, cientistas, poetas, escritores, filósofos e tantos outros mais que tentaram descrever o Amor. Mas será que o conseguiram?
Eu também não!
Amor não dá para descrever ou definir.
Não há palavras suficientes no dicionário, nem vocabulário à altura capaz de descrever ou definir este sentimento imenso, mágico e intenso, onde faltam sempre as palavras para dizer o que nos vai na alma e o que estamos a sentir.
Amor não se define, sente-se!
Amor é uma estrela, é um nome, é uma luz…
O Amor faz-nos esquecer do tempo…
O Amor é um sentimento tão bonito, tão simples e tão natural.
O Amor é tudo, é o essencial para a vida e para viver!
O Amor é a nossa fonte de alimentação!
O Amor requer uma constante dedicação. É uma construção diária ao longo do tempo e dos tempos!
O Amor pode ser um bem-estar ou uma doença! Se for cuidado, acarinhado, sentido, tocado… é um bem maior que podemos ter. Mas se for um amor platónico sem sentimento afetivo, de solidão, não correspondido… pode torna-se como se tratasse de uma doença mental.

O Amor é simples de sentir, complicado de explicar e trabalhoso para o manter.
O Amor é um sentimento descontrolado e independente! É uma porta aberta para o céu quando correspondido e bem vivido. Mas também pode tornar-se o caminho para o inferno quando guardado, desejado e não vivido.
O Amor é dedicar, respeitar e viver!
O Amor é a cumplicidade e os sonhos, nos sucessos e insucessos!
Love is… YOU

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s