Dia dos Avós


Avós, é ser o passado bem presente. É mostrar em cada ruga, uma nova história. Histórias de vida, histórias passadas, histórias de quem passou muito pela vida, histórias do antigamente…
Os avós, têm sempre bons conselhos para darem aos seus netos, histórias para contarem, paciência para suportarem… e têm sempre as melhores receitas e as melhores guloseimas.

É cada vez menos o tempo que os pais têm disponível para passarem com os seus filhos. Os horários prolongados, os tempos infinitos perdidos no trânsito, o esforço e o stress do dia a dia. Quando as famílias nucleares se dissolvem, agrava-se ainda mais o problema. Muitas vezes, uma creche e um jardim de infância abertos durante todo o dia, tornam-se a melhor solução possível para colmatar as ausências, promovendo simultaneamente a socialização e o desenvolvimento dos mais novos.

Mas para o bem de todos, é com muita frequência que se pode contar com os avós. Os avós acabam por serem pais duas vezes!
Os avós são os pilares sólidos em todas as ocasiões. Muitos acabam por criar os seus netos. Outros vão buscá-los à tarde às creches e aos jardins de infância, para brincarem, passearem com eles e tratam deles quando estão doentes. Mais que isso, amam os seus netos inquestionavelmente.

Os avós continuam a ser os guardiões das histórias da família, o altar da sabedoria, os elos entre o passado e o presente, criando nos mais novos um sentido de comunhão, pertença e continuidade.
Não competem, nem devem competir com os pais ou com o jardim de infância, pois cada qual é importante no seu papel a desempenhar.

Para os avós, um neto é encarado de uma forma bem diferente daquela com que criaram os seus filhos. A experiência ensinou-lhes a valorizar a magia de uma nova vida, a pureza da infância e a esperança que ela oferece.

Serem avós, é ganharem felicidade, é serem pais pela segunda vez na vida, é como ganhar uma medalha ou troféu muito importante. Os netos são um enorme orgulho para eles.
Os avós acabam por encontrar nos seus netos uma nova forma de renascerem, preservando-lhes a identidade de quem abre os olhos para o mundo e procurando dar-lhes tudo o que têm, o que sabem e o que sentem.

Feliz Dia dos Avós!

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s