Natal sim


Natal sim!
Natal sim, mas que seja uma época sem hipocrisia, sem consumismo desenfreado, sem ostentação!
Temos que sonhar. Eu tenho saudades de quando era pequeno e corria pela casa logo pela manhã para ver os presentes que o Pai Natal tinha trazido e deixado no sapatinho que cuidadosamente deixava junto à lareira antes de ir dormir. Pensava eu que ele tinha descido pela chaminé e quando via que me tinha deixado prendas era logo uma festa, rasgava os papéis todos numa euforia de alegria que eu sentia no momento.
O Natal não é só alegria, também é tristeza. Nesta época em que parecemos todos unidos, mas somos cada vez mais individualistas. Antigamente com tão pouco éramos tão bem mais felizes e unidos. No fundo, ainda adoro o Natal, mas falta-lhe agora a magia de antigamente e assim fica uma tristeza imensa dentro de nós.

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s