Tudo o que disseste


Foi por tudo o que disseste
Sem olhar para mim
Que ficou mais uma história
Sem princípio nem fim…
Na curva daquela estrada
Ainda hoje te vejo
Igual a folha seca de outono
Triste e pálida das escolhas da vida
Não esqueci as nossas últimas palavras
Assim como o teu olhar fixo no chão
Era difícil falar-me olhos nos olhos
Nosso caso mal acabado ficou
Tanta coisa o vento levou
Assim como as feridas do coração
O tempo sarou

Autora: Guiomar Marques

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s