O passado é isso mesmo, passado


O passado é isso mesmo. É passado!
O passado é um tempo que já foi vivido e não tem como lá querer ficar e a viver nesse tempo. O passado é um tempo que fica eternamente na nossa memória.
O passado ensina-nos a viver o presente e a preparar o futuro. Não é possível estar no presente e no passado ao mesmo tempo. Quem fica preso ao passado, fica de pés e mãos atadas num tempo que já passou e não volta mais. Ficamos impossibilitados de seguir em frente, dar um passo em frente e impossibilitados de viver o presente. Este presente que é sempre o grande momento da nossa vida e sempre o mais importante e o único tempo em que se pode viver verdadeiramente.
O passado, recorda-se. O presente, vive-se e o futuro sonha-se nas bases do passado, nos alicerces do presente e nas asas do futuro.
Para a frente é que é o caminho. Mas por vezes parece que não anda nada, quase nada e que nada acontece. Parece que ficamos estagnados no mesmo sítio, no mesmo lugar e no mesmo tempo. O caminho está nas nossas mãos e nos nossos sonhos. Não devemos parar de sonhar nem de correr. Para a frente é que é o caminho.

Não podemos apagar nem esquecer o passado, nem tampouco aquilo que fomos vivendo, mas aconteça o que acontecer ou aconteça o que tiver acontecido, devemos sempre seguir em frente. Para a frente é que é o caminho. Viver o presente com muita alegria e preparar o futuro!
Reviver as más memórias e experiências do passado, faz-nos recuar no tempo e impede-nos de construirmos um futuro melhor, por isso devemos recordar apenas essas memórias e experiências menos boas para nos fortalecermos e construirmos o nosso futuro um futuro melhor (Reviver o passado é ficarmos presos nele, recordar o passado é trazer à memória aquilo que nos faz bem e o que não queremos para a nossa vida). Haverá certamente sempre obstáculos pelo caminho, mas eles existem para que quando os ultrapassarmos podermos dizer: fogo, consegui, superei, aprendi e estou mais forte, porque o que não me mata e o que não me atira à lama, fortalece-me.
Devemos enfrentar com otimismo o presente e o futuro, mas sem medos e sempre corrigindo o que fizemos de menos bom e melhorando tudo o resto. Só se vive quando se cresce todos os dias. O deixar ficar e o deixar andar é a queda certa a feridas ainda abertas e essas feridas só se saram quando estamos dispostos a viver, a aprender e a amar todos os dias.

O passado já passou e o futuro não sei nem ninguém sabe como será. Em cada hoje, vivo com o que aprendi ontem. Vivo com a certeza de que o que não foi bom ontem faz-me ser um pouco melhor hoje e consequentemente todos os dias.
Por isso para todas as pessoas que tiveram ou ainda têm um passado bem presente, façam um esforço para o vosso bem e sigam em frente.
É gratificante chegar a qualquer etapa da vida e saber dar o devido valor ao passado. Mas o passado é isso mesmo, é passado e o passado fica lá atrás.
Ninguém pode apagar o passado, mas qualquer pessoa pode aprender com ele e ultrapassá-lo. O passado é o nosso professor da vida e o livro para vivermos o presente e prepararmos o futuro.
A felicidade somos nós que a construímos, por isso ficar agarrado ao que já foi não deve ser desculpa nem opção para ninguém.
O presente é o tempo e o momento certo para viver, amar e ser feliz.
Vivam. Amem. E sejam felizes sem desculpas!

Partilhem, comentem e sigam-me também nas minhas redes sociais:

2 thoughts on “O passado é isso mesmo, passado

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s