Ciclos existenciais da vida


A vida é composta por vários ciclos. Ciclos de vida, ciclos existenciais, ciclos organizacionais, ciclos profissionais, ciclos pessoais, ciclos emocionais. Existem na vida, ciclos para tudo, porque na vida tudo muda, nada se mantém, tudo se transforma.
Tudo na vida tem um ciclo. Tudo na vida tem o seu tempo para começar, questionar, afirmar, satisfazer, durar e terminar. Ciclos que começam e ciclos que terminam. Ciclos com tempo de existência e transitórios. Ciclos duradouros e ciclos efémeros.
Ciclos que nos fazem melhorar e ciclos que nos causam dissabores. São tudo ciclos que nos valorizam através das aprendizagens e das lições de vida que passam a fazer mais sentido.
Ciclos que causam dissabores e causam dores, são os mais difíceis. São os mais difíceis porque nunca ninguém está preparado para vivê-los. Ciclos de dor. Ciclos de feridas internas.
Dói, dói muito. Dói tanto, que parece que o coração vai explodir com tanta dor. Esta dor de saudade. Esta saudade terrível de ultrapassar.
É horrível amar tanto uma pessoa e ela não estar.
Há coisas na vida que não foram feitas para acontecer, sob pena de sofrer. Mas no coração ninguém manda.
No amor tem que ser os dois a gostar da mesma forma, só um não dá. Eu só quero esquecer, apagar da minha memória. Apagar com uma borracha mágica, como se existissem borrachas mágicas que pudessem apagar fosse o que fosse. Só te quero esquecer para não mais sofrer. Esquecer que foste e ainda és parte de mim. Esquecer-me de ti em mim ou de mim em ti. Agora deixa-me ir. Deixa-me apenas partir.

Quero partir. Partir de algo de que não se quer partir, dói. Dói tanto, mas com o tempo tudo vai passar, tem que passar. O melhor que se pode fazer é estar ocupado o tempo todo e ouvir aquela música alegre para desviar a mente. Difícil? Sim é difícil, mas há que ser forte para ultrapassar a dor. Há que ser forte para viver.
Se tiveres que chorar chora, mas não te deixes vencer por um amor que não te soube dar valor. Luta e luta com convicção e com todas as tuas forças que tenhas, tu mereces mais que isso. Mereces sempre mais e mais. Lembra-te que nunca estás sozinho nesta batalha, somos muitos a lutar e muitos a sofrer, mas no fim, todos vamos vencer. Temos de vencer.
Não sei se algum dia voltarei amar alguém assim. Amar assim nesta intensidade, com esta beleza e certeza, sem a certeza se o devo fazer. É nestas alturas que queria acreditar muito em algo, mas não é fácil. Desde que acordamos começamos logo a pensar no que a vida nos tirou, nos vai tirando sem razões.
Um dia tudo termina. Um dia tudo isto acaba. Um dia tudo morre e fica enterrado no passado e é assim que tem de ser, ficar enterrado no passado. E esta dor que parece interminável, difícil acreditar que tem fim. Por muito difícil que seja hoje, cada dia que passa estás mais perto de conseguir olhar para trás e ver tudo com outros olhos, com outra luz e com outro coração.
O tempo vai passando, as memórias vão-se desvanecendo e o sol começa outra vez a brilhar com força, cada vez com mais intensidade e brilho.
Felizmente com o tempo torna tudo mais suportável.
O tempo cura. O tempo cura praticamente tudo.
Sejam felizes. A vida são apenas dois dias e um já passou!

2 thoughts on “Ciclos existenciais da vida

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s