É o medo ou o desejo que nos domina? Parte 2


Qual é a tua força?
Qual é a força que vence dentro de ti?
Já paraste para pensar nisso?
Agora faz uma pausa e pensa.
É o medo ou o desejo que te domina?
É a insegurança ou a esperança que te rege?
É a ansiedade ou a vontade que te influência?
É a ilusão ou o sonho que te comanda?
Qual é o teu maior medo?
Qual é o teu maior desejo?
Qual é a tua maior insegurança?
Qual é a tua esperança?
Qual é a tua maior ansiedade?
O que é que te influência?
Qual é a tua ilusão?
Qual é o teu sonho?
Já paraste para pensar nestas perguntas todas? Consegues responder a todas elas?
Olha para dentro de ti. Entra dentro de ti e vê aquilo que és. Aquilo de que és feito e aquilo em que te tornaste. Escuta o teu corpo. Ouve o teu corpo. Aceita ouvir-te. Reconhece-te. Aprende um pouco mais sobre ti e sobre quem és. E agora já consegues responder? Ainda não? Volta atrás e faz novamente os exercícios que te tinha proposto.
Olha para dentro de ti. Entra dentro de ti e vê aquilo que és. Aquilo de que és feito e aquilo em que te tornaste. Escuta o teu corpo. Ouve o teu corpo. Aceita ouvir-te. Reconhece-te. Aprende um pouco mais sobre ti e sobre quem és.
Repete este exercício as vezes que forem necessárias até conseguires responder às perguntas:
É o medo ou o desejo que te domina?
É a insegurança ou a esperança que te rege?
É a ansiedade ou a vontade que te influência?
É a ilusão ou o sonho que te comanda?
Qual é o teu maior medo?
Qual é o teu maior desejo?
Qual é a tua maior insegurança?
Qual é a tua esperança?
Qual é a tua maior ansiedade?
O que é que te influência?
Qual é a tua ilusão?
Qual é o teu sonho?
Agora que respondeste às perguntas, já te sentes diferente?
Agora sabes de que massa és feito. Sabes qual é a força que tens dentro de ti. Quando começas-te a ler este texto, desconhecias várias coisas sobre ti. Agora que fizeste este exercício e ultrapassas-te com distinção, conheces-te muito melhor e sabes muito mais sobre ti. Por isso, já ganhaste algo hoje por estares a ler estas palavras.
Nunca deixes de te conhecer. Não sejas apenas mais um estranho para ti!
Não tenhas medo em conheceres-te. O medo significa evolução.

Podem ler a 1ª parte deste texto aqui neste link: https://filipemiguelblog.wordpress.com/2020/04/16/e-o-medo-ou-o-desejo-que-nos-domina-parte-1/

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s