Temos de ser inteligentes para sermos felizes


Ser feliz, é acreditar que vale a pena viver apesar de todos os desafios que a vida nos coloca.
Ser feliz, é saber lutar por algo que queremos muito na nossa vida.
Ser feliz, é ter a motivação para começar a mudar o que não está bem na nossa vida.
Ser feliz, vem em grande parte da nossa inteligência humana. Não são os estudos que nos tornam mais inteligentes. A inteligência vem da nossa confiança, da nossa mentalidade e das situações de vida que nos tornam mais felizes. A nossa confiança e mentalidade abre-nos os meios e o espaço para termos a capacidade de gerir e enfrentar com sabedoria os problemas e transformá-los em aprendizagem e riqueza pessoal.
Os estudos dão-nos os conhecimentos, não nos dão inteligência. O conhecimento ensina-nos e ajuda-nos a raciocinar, mas isso não nos faz ficar mais inteligentes.
A vida ensina-nos a viver. A escola ensina-nos a ter conhecimento e futuro. Quem não estuda, não chega a lugar nenhum.
As situações da vida podem-nos tornar mais experientes e maduros. Mostram a inteligência que temos. Mostram a nossa personalidade e o nosso carácter, principalmente quando as situações são adversas. Para sermos felizes temos de ser inteligentes.
A sabedoria e a inteligência adquire-se vivendo!

Educação nem sempre foi sinónimo de instrução. Há pessoas instruídas e mal educadas e pessoas extremamente educadas sem nenhuma instrução.
A vida é sem dúvidas a nossa maior escola. Os problemas são o nosso professor, onde podemos aprender ou não.
Inteligente não é só aquele que detêm o conhecimento, mas todo aquele que sabe onde buscar o conhecimento para resolver algum problema, ou seja, qualquer pessoa. Não existem pessoas burras, existem pessoas sem vontade de aprender.
Qualquer situação seja ela boa ou menos boa, temos de saber retirar o melhor de cada situação para o nosso proveito. Só assim encontraremos a felicidade.
A felicidade está na simplicidade das situações. Ela acompanha-nos em cada momento, sempre. A grande dificuldade é conseguir descortiná-la. As nossas emoções, pensamentos e sentimentos encobrem a beleza de tudo o que nos cerca. Perceber a felicidade em tudo o que fazemos, nas situações que passamos e em todas as pessoas com quem nos relacionamos é o desenvolvimento da arte de ser feliz. A felicidade não pode ser um objetivo, porque ela é a nossa finalidade. Não podemos ser sempre felizes, mas podemos andar constantemente a lutar para estarmos e sermos felizes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s