A vida coloca-nos à prova


Cada queda, uma marca!
Cada marca, uma lição de vida!
Cada lição de vida, uma nova etapa!
Cada nova etapa, uma nova marca!
Cada nova marca, um novo sentido para a vida!

Cada provação por que passamos, remete-nos para aprender a caminhar melhor nos sabores e dissabores da vida. Aprender a caminhar e ultrapassar de uma forma brilhante e tranquila, com o mínimo de mazelas possível.
A vida é uma incógnita! É uma caixinha de surpresas. Às vezes agradáveis e outras vezes podem ser um pouco mais dolorosas. Acaso ou destino? Fica a dúvida. Qualquer uma delas, são respostas completamente aceitáveis. Não está em causa, se acontece por acaso ou se já estava previamente destinado a acontecer. Aqui, o que importa realçar, é a forma como deparamos e ultrapassamos as surpresas e as provações da vida. Nada melhor, que a tranquilidade, a paz de espírito, acreditar num amanhã melhor e saber ver e retirar de qualquer situação o seu lado positivo, nos irá fazer crescer e crescer num mundo melhor.
Se cada pessoa retirar um pouco disto, e aplicar um pouco que seja na sua vida, garantidamente viveríamos um pouco melhor neste mundo por vezes um pouco ingrato, mas, ao mesmo tempo, um mundo surpreendente e deslumbrante!

A vida é uma escola, com professores muito severos e exigentes por vezes, que não admite que se reprove nas suas lições de vida.
Ela ensina de modo puro e duro, para que fique sempre presente na nossa mente. É uma aprendizagem para nunca mais esquecer. É uma aprendizagem muito mais eficiente!
Primeiro, ela aplica a dor, para depois ensinar todas as suas dificuldades, todo o seu amor e toda e qualquer espécie de sentimento. São lições que irão fazer parte da nossa evolução e do nosso crescimento. Lições de um plano bem maior, em que nós temos que seguir em frente para aprender e descobrir.
Que aprendam as lições da vida sem dor, é o que desejo!

A verdade, é que nunca estamos preparados para o inesperado. Principalmente quando a queda é grande e não estamos de forma alguma preparados para sair do abismo em que caímos.
A vida tem destas coisas. Gosta de coloca-nos sempre à prova, mas nada é por acaso, muito menos o sofrimento. Ele faz-nos enxergar coisas que nunca veríamos se estivéssemos a viver uma situação favorável. Hoje, eu encaro essas “rasteiras” de uma forma diferente e procuro levantar a cabeça, respirar fundo e encontrar sempre a melhor solução. Por muitas vezes que as minhas pernas vacilam, tenho que ser forte o suficiente para superar e ultrapassar as rasteiras que a vida nos passa.
É verdade! A vida passa-nos algumas rasteiras. Umas mais de levezinho, daquelas que tropeçamos e levantamos logo na hora. Outras vezes, passa-nos daquelas rasteiras mais voadoras, daquelas rasteiras que voamos a cair. Caímos e batemos com a cara mesmo lá, no fundo do poço, daquelas em que ficamos atolados de lama até o último fio de cabelo, em que mais nada parece ir fazer sentido e que nos leva a pensar e a pensar em muitas coisas. Leva-nos a refletir, entre o nada e coisa nenhuma. O que perdemos, tem de ficar para trás. Fechar essa porta, para que uma nova porta se abra para nós. Não é preciso esconder o que perdemos, é preciso encarar os erros como uma forma de aprendizagem, para que as oportunidades sejam de novo uma realidade e uma opção na vida.

Hoje sinto-me feliz!
Por entre as encruzilhadas que a vida tem-me passado, e por muitas amarguras que tenho vivido, hoje posso dizer que sou feliz!
Sou feliz, porque conheço pessoas lindas. Especialmente aquelas que pela sua simplicidade, pelo seu carácter, pelo seu jeito natural e sincero conquistam-me e conquistam-me por inteiro. Para além de serem belas por fora, são ainda mais belas por dentro. E é no interior da pessoa que a conhecemos verdadeiramente. É quando estão despidas de preconceitos e não têm nada a esconder.
Os sorrisos despertam-me o interesse. A maneira como falam, prendem toda a minha atenção.
São essas pessoas que se despem e deixam-se ficar a nu para as conhecermos pelo seu interior. São essas pessoas que quero comigo e que quero ao meu lado. São pessoas que não se comparam. São inigualáveis, incomparáveis, inesquecíveis e únicas.
Até parece um sonho. Mas, na verdade, são anjos dentro da minha vida!
Viver para ser feliz e ser feliz para viver!
Viver vale a pena!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s