Fragilidade


Fragilidade

Certas vezes …
Dou por mim
A pensar …

Porquê não admitimos
Nossas fraquezas
Afinal somos gente
Feitos de carne e osso
Somos humanos

Vivemos de sentimentos
Somos geridos por eles

Ouço dezenas de vezes
Há eu sou forte
Bla bla bla bla
Não é isso que me derruba

Mas até quando ?
Vais manter essa farsa
Até o forte verga
Até o insensível quebra

Tantas vezes o cântaro
Vai à fonte que um dia
Quebra …

Guiomar Marques

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s