~ suspiro — t.u.r.q.u.e.s.a


Eu levava-te num barco para longe onde não tivesse de prometer que o destino já estava desenhado e eramos o último suspiro antes de morrer. Eu pintava um novo céu estrelado para te abraçar mais uma vez porque o velho poeta morre calado e eu tinha, ainda, tanto para escrever. Eu acolhia-te numa noite de […]

~ suspiro — t.u.r.q.u.e.s.a

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s